quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Confusão Apuração Anhembi!


Vergonhoso!

Carnaval é sempre tempo de muita agitação mas ninguém esperava o que houve hoje no Anhembi durante a apuração das notas das escolas que desfilam pelo grupo especial de São Paulo, quando eram anunciados os dois ultimos grupos de notas que se referiam ao quesito Comissão de Frente um rapaz vestido com a camisa da Império de Casa Verde, representante da escola, invadiu a área reservada a leitura das notas, arrancou envelopes das mãos dos organizadores, rasgou vários deles, enfiou o restante nas calças e saiu correndo, logo em seguida outros furaram o bloqueio, entre os que se podia identificar estavam integrantes da Gaviões da Fiel, que derrubaram as grades de divisão e proteção do espaço, e Camisa Verde e Branco, que pegou alguns envelopes com notas de jurados e os jogou espalhando-os além de chutar uns dos troféus!
O que se fala é que a exaltação teria começado porque no segundo dia de desfile jurados terem sido substituídos, por conta disso a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo teria se reunido para votação antes do começo da apuração para ponderar sobre a validade daquelas notas e por maioria teria-se decidido pela validade (o estatuto da Liga diz que há validade na substituição de jurados e suas notas quanto em eventualidades) , e alguns diretores de agremiações pensarem que não haveria por isso rebaixamento! A PM conseguiu logo deter o integrante da Império  que começou todo o alarde, e para controlar os ânimos esvaziou o local invadido e fez com que a torcida em maior número no sambódromo, a Gaviões da Fiel, deixasse o local, o que foi outro problema, pois os torcedores que seguiram para a quadra da escola via Ponte da Casa Verde foram provocando atos de vandalismo por todo caminho a começar na saída do Anhembi, chutando grades, tentando joga-las na pista principal da Marginal Tietê, destruindo as placas de proteção do estacionamento dos carros alegóricos, tentando parar o trânsito na ponte, provocando brigas entre outras coisas e mobilizando grande número de polícias para evitar o quebra-quebra generalizado! 
Quando pensava-se que as coisas estavam se acalmando as transmissões ao vivo anunciaram um incêndio num carro alegórico da Perola Negra (que estava no estacionamento cujas placas de proteção foram arrancadas pelos vândalos da Gaviões) e houve uma correria generalizada de todos para tentar controlar o fogo! Havia muita preocupação que as chamas se espalhassem, já que carros alegóricos são altamente inflamáveis em razão do material com os quais são confeccionados (o que pegou fogo era de bambu), e por estarem todos muito próximos! A brigada foi acionada e o fogo foi rapidamente controlado junto com a ajuda de integrantes da Agremiação a que o carro pertencia! Membros da Perola ameaçaram tocar fogo em carros da Gaviões, já que acusavam integrantes da escola pelo vandalismo em seu carro!
A apuração foi parada e a Liga se reuniu durante cinco horas para avaliar se havia como reunir o restante das notas(alguns envelopes de jurados foram espalhados e outros encontrados em banheiros químicos) e como ficaria a colocação do Carnaval! Foi então finalmente acordado no final da noite manter o resultado até onde havia-se dado a apuração consagrando a Mocidade Alegre Campeã do Carnaval 2012 de São Paulo! Por toda a confusão a Prefeitura de SP tirou a segurança do Carnaval e também das futuras apurações das mãos da Liga das Escolas de Samba, a partir do Desfile das Campeãs(24/02) a segurança será toda feita pela Polícia Militar!
É extremamente lamentável que o que deveria ser uma festa tenha se tornado uma exibição vergonhosa e sucessiva de atos de vandalismo! Quando os olhos  de diversos cantos do mundo se voltam para a nossa cidade a disputa de um troféu se tornou uma briga tão grande que foi razão suficiente para que se pusesse risco a seguranças de outros, como por exemplos provocando incêndios ou tentando jogar grades de proteção no meio do trânsito da pista principal da Marginal Tietê! Além disso é impressionante a falta de consciência de vândalos em não só depredar o patrimônio público(que o nome já diz, público, feito para o povo, e portanto com o dinheiro do povo), mas também mobilizar um contingente policial enorme que deixa de atender necessidades verdadeiras, de pessoas que estão sendo assaltadas ou sequestradas, tudo porque um bando de torcedores ficaram insatisfeitos com algumas notas! Pra coroar o egoismo, incendiar um carro alegórico não simboliza apenas uma irresponsabilidade, mas uma desvalorização do trabalho do outro, já que a comunidade envolvidas com as escolas de samba passam o ano inteiro trabalhando e construindo aquilo, com a doação que recebem da prefeitura (outra vez o dinheiro de todos nós) e também com o dinheiro que arrecadam de pessoas do bairro onde tem sua quadra, ou seja é um desrespeito generalizado! Mesmo quem não gosta de Carnaval tem de se interessar e ficar irado com o que houve porque o seu dinheiro também está indiretamente ali, e nem adianta achar um absurdo o seu imposto estar no Carnaval, porque você pode até não gostar mas muita gente ama e a festa movimenta milhões, além disso as escolas são responsáveis por trabalhos sociais, cortar dinheiro pra elas não ajuda ninguém! Mas os lideres das agremiações deveriam orientar melhor seus integrantes porque provocaram uma mancha em uma coisa que é atrativo da cidade e do país! Ponham a mão na consciência!